A par com a gestão de comportamentos: o apoio emocional

A par com a gestão de comportamentos: o apoio emocional

A gestão de comportamentos é fundamental para a organização e para o funcionamento da sala de jardim de infância. Mas será a gestão de comportamentos o único aspecto a ter em conta? Nesta mensagem abordamos outro domínio essencial das interações em contexto de jardim de infância: o apoio emocional. Na mensagem sobre gestão de comportamentos,… Continuar a ler

Passo a passo – a análise de tarefas no ensino de competências

Passo a passo – a análise de tarefas no ensino de competências

– Vá, meninos, arrumem os brinquedos para irmos almoçar! Muitas vezes, nós, adultos, assumimos que algumas tarefas são simples quando, de facto, elas podem ser muito complexas para algumas crianças. Se muitas crianças conseguem, por modelagem ou por ensaio e erro, ir cumprindo e aprendendo a desempenhar essas tarefas, há outras que têm dificuldade em… Continuar a ler

Gerir comportamentos, atenção e tempo das crianças na sala de jardim de infância

Gerir comportamentos, atenção e tempo das crianças na sala de jardim de infância

“… A gestão do comportamento. Acho que é uma questão que é recorrente, cada vez mais, mas também temos de nos atualizar a esse nível em termos das práticas pedagógicas mais positivas para lidar com os comportamentos desafiantes que vamos tendo à frente”. “… Esta gestão de comportamento (…), esta questão de que eles têm… Continuar a ler

O poder dos jogos estruturados para crianças com comportamentos desafiantes

O poder dos jogos estruturados para crianças com comportamentos desafiantes

Autora: Astrid Cornelis (Thomas More, Bélgica) Mensagem original disponível em EarlyYearsBlog.eu. Jogar é simples, barato e divertido. Além disso, um estudo recente mostra que as crianças com comportamentos desafiantes beneficiam em jogar com os pais [1]. Brincar com os pais ajuda as crianças com comportamentos desafiantes E se as crianças com comportamentos desafiantes jogarem com… Continuar a ler

Triunfo da razão: Com os castigos aprende-se pouco e mal!

Triunfo da razão: Com os castigos aprende-se pouco e mal!

Os primeiros anos de vida são ricos em aprendizagens e aquisições. Na sua relação dinâmica com o mundo físico, sensorial e social, o cérebro recolhe inúmeras informações (regras, conceitos, atributos), aprende a causalidade (a relação entre as coisas) e estabelece previsões [1]. Para este processo cognitivo contribuem as regras sociais. De facto, a criança (desde… Continuar a ler

À beira de um ataque de nervos? Mais vale prevenir que remediar os comportamentos desafiantes das crianças

À beira de um ataque de nervos? Mais vale prevenir que remediar os comportamentos desafiantes das crianças

Avizinhando-se o final do ano letivo, a educadora Filomena faz um balanço geral do que foi vivido na sua sala durante o ano. Foi um ano bastante exigente. Sente que passou demasiado tempo a gerir o comportamento de algumas crianças, particularmente em determinados momentos do dia, como por exemplo, na transição da brincadeira livre para… Continuar a ler

À beira de um ataque de nervos? Como lidar com os comportamentos desafiantes das crianças

À beira de um ataque de nervos? Como lidar com os comportamentos desafiantes das crianças

Os/as profissionais de educação de infância relatam frequentemente que uma das principais preocupações no seu quotidiano tem que ver com a gestão dos comportamentos desafiantes das crianças, tais como atirar objetos, interromper as atividades das outras crianças, bater, não cumprir as regras ou as instruções… Neste texto irei destacar um conjunto de estratégias que pode… Continuar a ler